Casamentos Dicas

Madrinhas: missão dada é missão cumprida!

Mais que uma honra, ser convidada para ser madrinha de um casamento é uma missão. Os noivos confiaram a você um sentimento que os unirá para sempre. Como boa guardiã deste amor, você estenderá a mão quando o casal precisar de ajudar e também irá compartilhar com eles os momentos mais felizes, como o anúncio de um bebê ou uma promoção tão aguardada!

  1. Mas, você sabia que uma boa madrinha tem obrigações também antes do grande dia?! Sim! O Guia Sua Festa selecionou algumas dicas para você pôr em prática e se tornar uma madrinha nota 10!

1- Ser madrinha também é colocar a mão na massa! Auxilie os noivos nos preparativos do casório, despedida de solteiro e chá de cozinha! Você os conhece bem e saberá como deixar essas tarefas muito mais fáceis e divertidas.

2- Seja uma madrinha conselheira! Ofereça seu colo e seus ouvidos para que a noiva abra o coração e desabafe com você, dividindo os anseios com os preparativos. Essa fase pode ser muito estressante e dar esse apoio é muito importante!

3- No dia do casamento os noivos provavelmente estarão muito ansiosos. E alguns detalhes, por mais que tenham sido muito planejados, podem passar despercebidos. São compromissos, protocolos e obrigações que podem ocupa-los e é aí que você entra!  Você pode ajudar com o vestido, observar se maquiagem e cabelo permanecem impecáveis durante as fotos e a festa, animar a pista e observar se tudo está saindo conforme sonhado.

4- Você já ouviu a história de quem uma boa madrinha é aquela que dá o presente mais caro da lista?! Então esqueça isso! Um presente de alto valor não representa o seu sentimento. Se você tiver condições, tudo bem, mas caso não seja essa sua realidade, doe seu tempo, seu carinho e sua amizade. Esses bens são muito mais valiosos e úteis na vida do casal.

5- Tenha paciência! Nem sempre os seus gostos serão iguais ao da noiva. Se ela optou por um tipo de decoração que não te agrada, opine apenas se ela pedir e eleve em consideração a personalidade dos noivos. Lembre-se: o casamento é um projeto dos noivos e não dos familiares e dos padrinhos.

6- Na hora da escolha do vestido, seja compreensiva e procure entender o ponto de vista da noiva, caso ela defina o corte e a cor dos vestidos das madrinhas. Mesmo que não seja o que você sempre sonhou, lembre-se que você é madrinha e a noiva, essa sim, sonhou com esse momento. Se vocês tiverem muita intimidade, você pode até palpitar e sugerir, mas com muita delicadeza e cuidado.

7- Acabou a festa?! Sua missão como madrinha apenas começou! Se os noivos seguirem para a lua de mel, você pode ajudá-los, por exemplo, na devolução do vestido ou terno alugado. Seu apoio será bem-vindo também na hora de enviar cartões de agradecimento pelos presentes. Deixe os pombinhos curtirem os primeiros dias como casados e os apoie nesses detalhes.

Por fim, o Guia Sua Festa quer falar diretamente com você, noiva: sua madrinha de casamento não deve ser escolhida por pressão ou necessariamente ser um familiar. Pense um pouco: a sua madrinha precisa ser uma pessoa presente na sua vida, cuja companhia seja agradável, amorosa e que vocês se imaginem ainda como grandes amigas no futuro. Você tem uma pessoa assim em mente? Pode ser a sua grande escolha.

Você Pode Gostar Também

Sem Comentários

Deixe uma Resposta