Casamentos

Tudo o que você precisa saber sobre buquês

Alguns historiadores afirmam que já na Grécia antiga as noivas utilizavam buquês durante a celebração do matrimônio. Na época, o comum era que elas carregassem consigo ramos de ervas, alho e alguns grãos que possuíam, segundo a crença, propriedades de proteção e de boa energia.

Estudiosos indicam que na idade média, na grande maioria das vezes as noivas iam a pé até o local de celebração e eram presenteadas com flores e ervas no caminho, formando um buquê ao final da caminhada, simbolizando a sorte e os votos de uma boa união.

Passados os séculos, a tradição de utilizar um buquê permanece cheia de simbolismo e, agora, com muito mais opções e charme! Sejam eles tradicionais, com flores consagradas, ou divertidos, com um mix de espécies, os buquês complementam e abrilhantam o visual da noiva e é disputado pelas convidadas ao fim da festa, como um troféu indicativo do próximo enlace.

Mas você sabe quais são os principais tipos? O Guia Sua Festa reuniu neste artigo algumas das tendências mais bacanas para você caprichar na escolha do seu buquê.

– Quer apostar na originalidade? Utilize suculentas!

Esta tendência segue forte desde o fim do ano passado. As suculentas são delicadas, mas duráveis e podem se destacar sozinhas ou acompanhadas de folhares e pequenas flores coloridas.

– Inove e aposte no inusitado.

Algumas noivas já mostraram como é possível inovar e empunhar um buquê com muito carisma e muita singularidade! Arranjos combinados com pérolas, flores de papel e origamis estão super presentes e estão fazendo sucesso nas mãos das noivas mais moderninhas e ousadas.

– Vai casar durante o dia? Aposte nas cores!

Cores vibrantes e flores silvestres e exóticas combinam demais com casamentos diurnos. O buquê, aqui, se destaca em beleza e peculiaridade, dando um tom alegre e festivo à noiva.

– Adora os clássicos?! Use branco!

Copos de leite, tulipas, orquídeas, rosas brancas e tons únicos não saem de moda. Mix de flores e folhas também já se tornou um clássico. Utilize uma flor que tenha um significado importante para você e faça do buquê um item personalizado e cheio de significados.

– Redondo, cascata ou braçada?

Os buquês podem ter vários formatos e os mais comuns são o redondo, o cascata e o braçada. O primeiro tem uma forma redonda, como o nome já diz, e tem entre 30 e 40 centímetros de comprimento. O de cascata alonga a silhueta e geralmente tem formato triangular, podendo ter até 50 centímetros de comprimento. O de braçada costuma bater ponto em casamentos rústicos e estilo bo-ho. A estrutura é mais solta e as flores arranjadas de maneira despretensiosa.

Uma última dica de ouro! Se você deseja guardar o seu buquê como recordação, não se esqueça de fazer uma versão menor do arranjo para poder presentear uma de suas convidadas.

Lembre-se! O buquê é uma extensão da personalidade da noiva e por isso deve ser levado em consideração o estilo, a cerimônia, o horário da festa e ainda o clima e a época do ano, pois algumas variedades de flores podem não estar disponíveis na data do casório.

Você Pode Gostar Também

Sem Comentários

Deixe uma Resposta